12 agosto 2018

5 anos depois... | Toalha de mesa

... a luta terminou!!! :-D :-D
Acho que já por aqui referi que depois do crochet, a segunda arte que aprendi a fazer foi o ponto cruz.
Lembro-me que na altura aprendi com uma prima quando passava férias na terra dos meus pais, porque ela aprendera durante o ano lectivo, num curso que davam à noite lá na aldeia.
Como é obvio, quando ela me contou isso tratei logo de "cravar" dinheiro à minha mãe para ir comprar material para poder aprender.
Comecei por fazer um pequeno pano de tabuleiro, cheio de erros. Mas ainda hoje o tenho como recordação do meu primeiro trabalho em ponto cruz.
Mas como eu maluca e ADORO um desafio coloquei na cabeça que tinha de "empregar" o novo conhecimento em algo realmente visível e foi assim que tive a "ideia brilhante" de fazer...


 

... esta toalha em ponto cruz que mede cerca de 2,5cm de comprimento.
É gigantesca!! Mas comigo é tudo ou nada!!
Louca!!! Doida varrida!! foi o que na altura todos me chamaram. Incluindo a minha mãe quando lhe pedi dinheiro para o material e, obviamente, não me deu.
Mas como teimosia é o meu nome do meio, meti na cabeça que havia de a fazer e fiz.
O material foi "cravado" à descarada à minha tia, quando na pausa inter-semestral do primeiro ano da faculdade fui passar o mês de fevereiro com ela e precisava desesperadamente de ter algo para me entreter. :-)
Para a fazer levei 5 anos, com muitos avanços e recuos (o primeiro lado foi feito e desfeito pelo menos 4 vezes), mas que me traz igualmente muitas recordações.


 


 
 
Muitos serões em conjunto com a mana a desfazer o que estava errado, muitas tardes de verão à sombra no quintal dos avós agarrada a ela e a ouvir histórias do antigamente, os vizinhos que sempre perguntavam por ela e queriam ver os avanços...
Mas o que mais recordo destes tempos é que foi com esta toalha que aprendi a fazer o ponto de cruz perfeito, com uma colega da minha mãe, na copa e às escondidas da chefe delas.
É uma toalha enorme que não sei se alguma vez terá uso na minha casa, mas que certamente será daquelas poucas coisas que sempre guardarei, pelas memórias que me traz.
Nos entretantos, vai sendo usada na sala de jantar dos meus pais, onde fica perfeita na mesa de jantar. Tem as medidas ideais para ela.
Mas como não bato bem da cabeça esta toalha enorme tem uma "irmã gémea" em crochet! :-D
Um dia conto-vos essa história…
 
**INDISPONÍVEL**

Sem comentários:

Enviar um comentário