19 junho 2022

E que consequências identifiquei? | Fita porta-chaves





Tudo isto tem sido um processo evolutivo e de aprendizagem muito longo, mas que teve as suas consequências.

E quais foram?
  1. um controle maior da minha ansiedade;
  2. a aproveitar e a desfrutar mais do momento em si;
  3. diminuição do material desperdiçado, logo mais poupança de material e dinheiro;
  4. mais aprendizagem, logo mais crescimento, enquanto pessoa, profissional e artesã;
  5. aventura por novos produtos, materiais e até criação de moldes por iniciativa própria e tem corrido bem.
E tudo isto me deixa muito contente! :-D :-D








Este já mora na minha mala e vocês já têm a vossa fita porta-chaves da Mãos de Fada?


**INDISPONÍVEL**

**PEÇA ÚNICA**


12 junho 2022

Como melhorei os meus produtos? | Porta-moedas



Eu sou autodidata nestas coisas do artesanato. 
Sempre que tive oportunidade de aprender com quem sabe, absorvi o máximo que consegui, mas a verdade é que 90% do que sei fazer é por iniciativa própria. 
É por tentativa-erro, muita cabeçada, muita leitura, muito material e tempo "desperdiçado"...
 
Por isso. hoje  partilho convosco alguns truques e dicas que me ajudaram a melhorar os meus produtos…
  1. perco muito tempo a idealizar e a preparar esboços;
  2. perco muito tempo a criar moldes e a testá-los;
  3. perco muito tempo a alinhavar moldes e a testá-los em papel e tecido;
  4. faço um protótipo do produto e aponto tudo: medidas, forma de fazer, melhorias, etc...
  5. esquematizo em papel todo o processo de produção para quando voltar a fazer o produto saber como se faz;
  6. perco tempo a testar cores, padrões, tecidos, aplicações…
  7. aprendi a fazer uma boa lista de compras e a comprar numa retrosaria;
  8. aprendi a conhecer-me enquanto artesã…
    1. fazer apenas quando estou no mood;
    2. criei a minha identidade enquanto artesã;
    3. percebi que é melhor aprender de vez a dedicar-me a um projeto de cada vez e de alma e coração, em vez de ter vários começados…;
    4. aprendi a resistir aos mega projetos, a dedicar-me a projetos mais pequenos;
    5. que a pressa é inimiga da perfeição;
    6. aprendi a respeitar o meu tempo e o tempo que levo a fazer uma peça;
  9. estruturei uma sequência de trabalho que funciona para mim.
E vocês que truques usam?
Contem-me tudo!!!







**DISPONÍVEL**

**PEÇA ÚNICA**

05 junho 2022

Como bem comprar numa retrosaria? | Ecobag



Para quem gosta de costura criativa é (muito!) fácil perder-se numa retrosaria. 
É fácil passar horas e horas perdida no meio de tecidos, fitas, botões, rendas... a escolher o material certo para aquela encomenda tão especial.
É muito fácil perder tempo e dinheiro. :-D
Quantas vezes não dei já por mim a comprar, comprar, comprar material e depois quando quero fazer uma peça nova falta sempre alguma coisa? Já não têm conta!!
Assim ao longo do tempo tenho vindo a aprender (à custa de muitas asneiras e desperdício!) não só a comprar de uma forma mais consciente, com a aproveitar melhor os materiais que tenho.
E como tenho feito isso?
Tudo começa na preparação da própria ida à retrosaria.
 Atualmente, perco um tempo considerável a fazer esboços das peças, a idealizá-las no papel. Perco igualmente muito tempo a "visitar" sites e lojas on-line de retrosarias. Não só para ver o que o mercado tem disponível, como para procurar bons negócios.
Tudo isto porque percebi que se quero poupar tempo e, sobretudo, dinheiro numa retrosaria é fundamental levar comigo um boa lista de compras. Assim a tendência para me dispersar é menor, logo o estrago na carteira também.
Ora, para isto acontecer, nos trabalhos manuais (como no resto da vida!) a organização é tudo!!
E uma ideia clara do que queremos e do que precisamos em conjunto com uma boa lista de compras fazem milagres!!

E, claro, tendo por companhia o meu ecobag, que me permite igualmente poupar dinheiro e plástico.








**DISPONÍVEL**

**PEÇA ÚNICA**

01 junho 2022

Momentos Mãos de Fada

Por aqui somos muito gratas a quem escolhe a Mãos de Fada para presentear os seus.

Mais uma vez, MUITO OBRIGADA!

E, por isso, achamos que está mais do que na hora de retribuir essa generosidade.

Foi com este pensamento em mente que nasceram os Momentos Mãos de Fada. Que nada mais são do que a nossa forma de retribuir a nos escolhe.

E o que são os Momentos Mãos de Fada?

Acontecem quando menos se espera, por tempo indeterminado e podem assumir diferentes formas: um desconto, um vale oferta, envio de um mimo e tudo mais o que nos ocorrer. Hoje pode ser uma coisa, amanhã outra... é sempre uma surpresa!

Sempre que iniciarmos uma temporada Momentos Mãos de Fada anunciamos pelo Instagram (@maos_de_fada_atelier_), mas o fim nem por isso... pode durar um dia, umas horas, um fim-de-semana, um mês... Nunca se sabe! O cliente descobre na hora da compra!

Por isso, sempre que houver um Momento Mãos de Fada as compras serão acompanhadas de uma oferta nossa!

É aproveitar que a duração e quando voltarão é sempre uma incógnita! ;-) ;-)

Boa sorte!!

29 maio 2022

Como ter tempo para um hobby? | Porta-moedas


"Quem corre por gosto, não cansa!"

...lá diz o velho ditado...
Ter um hobby é ter uma forma de canalizar o stress a que estamos expostos diariamente.
Seja a fazer ginástica, a ler, a cozinhar, a costurar o importante é que, no meio da azáfama diária, encontremos uma hora todos os dias para nos dedicarmos a cuidar de nós, a cuidar da nossa alma.
A reencontrar e a restabelecer os nossos níveis de energia.
Quanto a mim, uma das formas que tenho de o fazer é dedicar-me aos crafts. À costura, ao ponto cruz, ao crochet...
Mas quantas e quantas vezes não damos por nós a dizer: Não tenho tempo!! Já nem consigo dedicar-me aos meus hobbies!!
Por contingências da vida, nos últimos tempos dei por mim a dizer esta frase demasiadas vezes e a ter pouco tempo para me dedicar à costura, p.e. (porque tenho de estar constantemente a montar e a desmontar a minha tenda, acabo por optar por me dedicar a projectos de fácil montagem :-D) e isso começou e refletir-se no meu dia-dia, no meu bem-estar.
Dado que me comprometi comigo própria a terminar o projecto de ponto cruz que tenho em mãos, o quanto antes, tive de realinhar o meu dia e encontrar tempo para me dedicar a ele tornou-se prioritário.
Assim lembrei-me de partilhar por aqui uns truques & dicas que nos podem ajudar a encontrar tempo, no nosso dia, para termos para nos dedicarmos àquilo que mais gostamos de fazer:
  • estabelecer uma rotina - apesar de, para muitos, o termo rotina ser algo depreciativo e mau, o certo que precisamos de uma certa rotina na nossa vida, para conseguirmos "chegar a todo o lado";
  • estabelecer o nosso bem-estar como algo prioritário- se fazer ginástica ou costurar nos faz bem à cabeça e à alma, então deve ser uma prioridade na nossa vida, no nosso dia-a-dia. Só vamos conseguir fazer tudo e ser felizes se estivermos bem física e psicologicamente;
  • estabelecer um "horário escolar" para a nossa semana - se planearmos a nossa semana distribuindo de forma equilibrada as nossas tarefas ao longo da semana, certamente que atingiremos melhor os nossos objectivos e tarefas. Não desperdiçamos tempo e ainda podemos encontrar espaço para os nossos hobbies;
  • estabelecer um mínimo diário (1hora por dia, p.e.) para nos dedicarmos aos nossos hobbies, em que nessa hora nos "obrigamos" a estar e a focar nos nossos passatempos, no nosso lazer.
A vida não tem de ser só obrigações.
Deve ser também lazer, tempo livre para nos dedicarmos ao que e a quem mais gostamos. 







**DISPONÍVEL**

**PEÇA ÚNICA**