25 março 2017

A moda e o artesanato

O prometido é devido!! :-)
Começamos hoje a desvendar os projetos que temos em mente e andámos a planear para este espaço.
O primeiro deles é uma parceira muito especial com o blogue Lima Limão, Consultoria de Imagem. A partir de agora, mensalmente, a moda também vai ter lugar neste cantinho. :-)
E porque o saber não ocupa lugar, contamos com a preciosa ajuda de uma especialista na área da moda que se junta a nós para nos ajudar a tirar um melhor partido da nossa imagem.
Por aqui haverão conselhos, dicas, truques… e muito, muito mais… ;-)
Se quiserem participar na rubrica com dúvidas, comentários, sugestões basta enviar um email para limalimaoconsultoriaimagem@gmail.com
Esperamos que gostem!!!


Aliar a tradição ao atual? Parece-lhe estranho? Não devia!!
Criar peças com corte e design atuais mas mantendo as matérias primas de antigamente é o futuro. A moda como sabem é cíclica. E, se durante muito tempo, apenas se focava no futuro. Cada vez mais vai buscar inspiração ao tradicional. E, hoje em dia, são cada vez mais as marcas que vão buscar os bordados e aplicações que normalmente apenas se usariam em peças para o enxoval da casa e optam por aplica-las em peças de roupa, calçado e acessórios.
Tendo raízes na zona centro do país. Desde criança que me lembro de visitar a cidade de Castelo  Branco e namorar os prédios cuja fachada é o bordado típico da zona. O famoso bordado Castelo Branco. É dos bordados com maior tradição no nosso país. E dos mais bonitos. Mas eu sou suspeita. E, se durante muito tempo fui levada a crer que estes bordados apenas se poderiam aplicar em peças decorativas para a casa. A verdade é que há algum tempo que essa crença caiu por terra. São cada vez mais as aplicações deste bordado. E o mesmo acontece com outros bordados típicos do nosso país. Nomeadamente, o bordado típico de Vila Verde que desde sempre foi aplicado nos famosos lenços dos namorados.
Longe vai o tempo em que o bordado apenas tinha uma aplicação. E se há tendência que tem vindo a ganhar espaço no universo da moda é a aplicação de bordados. E o resultado é, muitas vezes, bastante positivo. Se bem que, a meu ver, o resultado pode ser bastante mais positivo se o bordado em questão for realizado por nós. Assim, podemos certificar-nos que a nossa peça é original e que existe uma grande probabilidade de não a vermos repetida numa qualquer esquina. E aqui, contra mim falo. Não tenho a menor aptidão para cruzar linhas e pontos e criar algo que seja, no mínimo, bonito. No entanto, se no vosso círculo de família e amigos existe alguém com Mãos de Fada. Aproveitem. E aliem o vosso gosto pela moda. Ao talento para o artesanato. E o resultado será uma imagem atual, original e personalizada. Arrisquem e saiam da vossa zona de conforto. O sucesso é garantido!
Até porque se há tendência para lá de atual são as peças com diferentes aplicações de bordados. O resultado são looks originais e com mais informação. A verdade é que ao aliar a moda ao artesanato se conseguem resultados muito femininos e elegantes. Não acredita? Ora espreite…
 
 

 

 

 

 

14 março 2017

A ponta do iceberg...


 O início de um projecto é sempre um misto de ansiedade e alegria. Ansiedade por se ter nas mãos algo novo, algo que vai nascer do nosso trabalho, da nossa dedicação.
Alegria porque de cada vez que nasce alguma coisa, mesmo que seja um simples projecto de ponto cruz é sempre motivo de alegria, de entusiasmo e motivação para nos superarmos.
Hoje partilho convosco a forma como eu inicio cada projecto de ponto cruz.
Muitos, certamente, dirão não ser a forma mais correcta de o fazer, mas depois de experimentar vários métodos, este é aquele que melhor funciona comigo. Aquele que diminuiu muito os meus erros e desmanches iniciais.
 
Eu faço assim...
...a primeira tarefa a fazer é encontrar o meio do tecido (aqui representado pelas linhas azuis).
 
 

 
Depois faço, no meio do trabalho, o suficiente para garantir que não me engano nas contagens. 
E então é hora de iniciar a contagem que me levará da linha que marca o centro ao canto superior esquerdo.
 
 

 Depois é a partir daqui, deste canto superior esquerdo, que desenvolvo todo o trabalho.
Primeiro para baixo e depois fazendo-o igualmente no sentido horizontal.
Este é o trabalho que tenho actualmente em mãos.
Está cerca de 50% feito e iniciei-o precisamente na cabeça do burro, onde está o centro do trabalho. Depois foi fazer as cruzes que fazem os limites da cabana até à ponta desta (que se vê na segunda imagem).
Depois foi começar a preencher a cabana e seguir com o resto.

 
Agora resta a dúvida:
alguém sabe o que irá sair daqui?
:-)

01 março 2017

3, 2, 1...


 (RE) START!!!


Hoje começa um novo mês. Um mês que nos trará a Primavera, época por excelência da renovação, de recomeços...
E quase um ano depois também nós estamos de volta!!! E já não era sem tempo!! :-) :-)
As saudades de vir aqui partilhar aventuras, novidades é mais que muita, mas o trabalho esse não parou :-)
Mas às vezes é preciso parar, pensar e realinhar estratégias, objectivos... Às vezes é preciso parar para respirar...
E agora estamos de regresso e com muitas novidades e ideias para colocar em prática. :-)
Para início de conversa temos, como já devem ter percebido, uma imagem gráfica nova (ainda faltam uns retoques!), que muito nos agrada. :-)
Foi desenvolvida em conjunto com a Carla, cuja enorme paciência e disponibilidade agradecemos. Muito obrigada!!!
Mas as novidades não se ficam pelo aspecto do blogue.
Também ao nível dos conteúdos vamos ter novidades. Desde logo, posts sobre temas diferentes (nem sempre a ver com artesanato), uma parceria muito especial...
Depois, como também já devem ter reparado, agora temos um domínio próprio para o nosso cantinho. :-) :-)
Mas há mais, muito mais em lista de espera para ver a luz do dia.
Por isso, se querem saber todas as novidades é só acompanharem o blogue ou seguirem-nos no Facebook e Instagram para não perderem pitada!!!
Welcome back!!! :-) :-)